Intercâmbio de medicina: como estudar no exterior

28 de agosto, 2017
7139
0

Estudar fora do país é uma das melhores formas de se desenvolver acadêmica e profissionalmente. Por meio dessa atividade, o estudante tem a oportunidade de conviver com alunos do mundo todo, receber orientação de professores com uma bagagem diferente e acompanhar o dia a dia de uma instituição de saúde no exterior. Por todos esses motivos, o intercâmbio de medicina proporciona uma vivência única e experiências que serão utilizadas por toda a vida do profissional.

O melhor de tudo, passar as férias estudando em outro país pode ser mais fácil do que muitos acadêmicos de medicina imaginam. Existem diversas oportunidades para ter essa experiência, e é isso que você irá descobrir no nosso artigo de hoje.

Leia também:

Como fazer intercâmbio de medicina

A IFMSA (Associação Internacional de Estudantes de Medicina) é a principal porta de entrada para a modalidade. A instituição é responsável pela organização de mais de 13 mil intercâmbios relacionados à pesquisa e clínica cirúrgica, dando ao estudante a opção de realizar o intercâmbio em um dos 122 países em que a IFMSA é encontrada.

Os estudantes que se associarem à organização, além do intercâmbio, poderão participar da General Assembly. Um evento anual, que reúne instituições como a OMS, WMA e ONU, tem duração de sete dias e permite que o aluno participe de treinamentos e intercâmbios

Como funciona o intercâmbio da IFMSA

Durante um mês, o estudante realiza um estágio em um hospital e participa de um programa social. Além dos acadêmicos e docentes do local do intercâmbio, ele terá contato com alunos de diferentes partes do mundo.

Para ter acesso a uma das vagas disponíveis, o estudante de medicina deve procurar por um Coordenador Local em sua faculdade. Também é possível entrar em contato diretamente com a IFMSA Brazil. Para maiores informações, basta enviar sua mensagem para: atendimento@ifmsabrazil.org

Medicina no Exterior

Além de intercâmbio, é possível realizar a sua graduação ou residência médica fora do Brasil. No entanto, para esses processos, cada país possui um procedimento específico, cujas informações devem ser observadas junto aos órgãos responsáveis.

Medicina nos EUA

Para explicar como funciona o processo seletivo para realização da residência médica nos EUA, nós gravamos esse vídeo com o Dr. Augusto Amaral, que realizou sua especialização no país. Assista: Como ser médico nos Estados Unidos

Onde você pensa em fazer parte da sua formação médica? Conta para a gente nos comentários!

Matérias mais lidas

Quais são as áreas da medicina?

Clique e leia a matéria completa

Pílula anticoncepcional: entenda como funciona esse método contraceptivo

Clique e leia a matéria completa

Quanto ganha um cirurgião geral?

Clique e leia a matéria completa