Quanto ganha um pediatra?

21 de abril, 2017
16134
0

Para se tornar um grande pediatra, não é necessário apenas gostar de crianças, mas sim um intenso estudo e compreensão de todas as particularidades do corpo infantil. Quem opta por essa especialização, tem a responsabilidade de cuidar de tudo que pode afetar a manutenção da saúde dos pequenos. Com isso, além do tratamento de enfermidades, o profissional deve orientar os familiares sobre questões como aleitamento, vacinação, alimentação, incentivo à prática de exercícios físicos e prevenção de acidentes.

Qual o salário médio de um pediatra?

A Federação Nacional dos Médicos (FENAM) definiu, em 2016, que o salário mínimo de um médico deveria ser de R$ 12.993,00 para uma jornada de 20 horas semanais. No entanto, na prática, a realidade é bem diferente. A remuneração de quem opta por essa especialidade fica entre R$ 6.000,00 e R$ 12.000,00 em média.

A variação é causada principalmente devido à remuneração da instituição onde ele trabalha e até mesmo a região do país em que atua, além de sua rotina de trabalho. O médico pediatra pode optar por exercer sua função em clínicas e hospitais, públicos ou particulares, e até mesmo dividir o tempo entre mais de uma instituição, o que é bastante comum.

 

Mercado de trabalho

A pediatria é uma das especializações de maior interesse entre os recém-formados. De acordo com o Conselho Federal de Medicina, atualmente essa é a área com maior número de profissionais. No entanto, essa quantidade ainda é insuficiente para suprir a demanda nacional. Principalmente nas regiões distantes dos grandes centros, a oferta de empregos para pediatras é elevada.

Como se tornar um pediatra?

Como toda carreira médica, o caminho trilhado até a pediatria começa com a aprovação no vestibular. Depois de seis anos de graduação, ser aprovado no ANASEM e conseguir o número de CRM junto ao Conselho Regional de Medicina, há dois caminhos para quem deseja se tornar pediatra.

Residência médica em pediatria

A primeira opção é a residência, que pode ser iniciada logo que finalizar a graduação em medicina. Realizada dentro de instituições médicas de excelência, nesse modelo de ensino, os futuro pediatras recebem orientação diretamente de profissionais com o mais alto nível, entre mestres, doutores e pós-doutores.

Para ter acesso à residência médica em pediatria, o profissional precisa ser aprovado em um exame eliminatório, que funciona como um segundo vestibular. Devido à concorrência acirrada e a dificuldade para ser aprovado, realizar uma preparação adequada é essencial para conseguir a tão sonhada vaga.

Para ajudar você nessa tarefa, desenvolvemos uma metodologia de ensino personalizada, que se adapta perfeitamente a cada estudante. Quem saber mais? Confira: Metodologia Persona.

Prova de títulos de especialista em pediatria

Outra forma de conseguir a permissão para atuar como pediatra é a prova de título. Para realizá-la, o médico precisa comprovar experiência ou ter realizado pós-graduação na área. Se esse é seu caso, nós oferecemos um curso completo para quem pretende realizar a prova de Título de Especialista da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

O principal diferencial da nossa preparação é metodologia de ensino avançada, que é baseada em recursos visuais, esquemas, ilustrações, mapas mentais e discussão de questões e casos clínicos.

Prepare-se para prova: curso para prova de título de especialista em pediatria

Matérias mais lidas

Quais são as áreas da medicina?

Clique e leia a matéria completa

Quanto ganha um cirurgião geral?

Clique e leia a matéria completa

Pílula anticoncepcional: entenda como funciona esse método contraceptivo

Clique e leia a matéria completa