PNAB e o SUS: importância, diretrizes e muito mais

Por Medcel


Em 27 de Outubro de 2020, um decreto publicado no Diário Oficial noticiou possíveis mudanças para as Unidades Básicas de Saúde (UBS). A proposta não foi para frente, mas gerou debates e críticas, já que as UBS são a porta de entrada preferencial do SUS – o Sistema Único de Saúde.
Outro ponto, levantado pelo Conselho Nacional de Saúde, é que a iniciativa podia ser uma ameaça à universalidade do atendimento à saúde – o que é garantido pela nossa constituição.
Com tudo isso em mente, entende-se que se torna muito necessário pontuar a importância da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) para entender essas críticas, além de ser um conteúdo que costuma cair na prova de Residência Médica e, também, de Revalidação do Diploma.
Quer saber tudo sobre PNAB e se manter atualizado? Então clique aqui e BAIXE AGORA o nosso E-book .


A importância da PNAB

A Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) é a soma de atores – como movimentos sociais, profissionais da saúde, usuários e gestores das três esferas de governo – que contribuem para a consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS).
A Atenção Básica (AB) deve ter um alto grau de descentralização e abrangência, ocorrendo no local mais acessível possível para a comunidade. Ela deve ser o principal contato dos usuários, a porta de entrada e centro de comunicação com toda a Rede de Atenção à Saúde.
Sendo assim, alguns princípios (universalidade; equidade; integralidade) e diretrizes (regionalização e hierarquização; territorialização e adstrição; população adscrita; cuidado centrado na pessoa; resolutividade; longitudinalidade do cuidado; coordenar o cuidado; ordenar a redes; participação da comunidade) serão orientadores para a organização da AB nos municípios.
As Unidades Básicas de Saúde (UBS) – instaladas na periferia e em regiões estratégicas de abrangência da comunidade – permitem que a população tenha acesso a uma atenção à saúde eficiente. É um grande desafio para o Brasil manter a infraestrutura dessas unidades, pois é o único país do mundo com mais de 100 milhões de habitantes com um sistema de saúde público, universal, integral e de acesso totalmente gratuito.
E é neste contexto, que a PNAB foi criada e posteriormente, atualizada.


Linha do tempo

Em 1994 o Programa Saúde da Família (PSF) foi implantado no Brasil e foi o principal mecanismo utilizado para contribuir com a expansão da cobertura da Atenção Primária à Saúde (APS). Mas foi em 2006 que o governo federal publicou a primeira Política Nacional de Atenção Básica (PNAB).
As três versões da PNAB ocorreram nos 3 últimos governos, sendo assim podemos dizer que cada uma delas foi influenciada por contextos socioeconômicos diferentes.


Quer materiais que falam no detalhe sobre isso e outros assuntos?

Assuntos como esse são sempre importantes e, por isso, estamos sempre atualizando os nosso materiais com qualquer tópico que possa ser relevante para a sua aprovação da Residência Médica e na jornada em busca da Revalidação do Diploma.
Quer ver só? Clicando aqui você poderá se cadastrar na nossa plataforma para ter acesso gratuito por 7 dias. E o acesso é totalmente liberado, você conseguirá ver tudo o que oferecemos: dos materiais às questões. Quando falamos que queremos estar presentes nesta jornada tão importante, não estamos brincando: conte conosco, sempre!
 

Coach de Aprovação

Mais vistos