Carcinoma Basocelular: tudo o que você precisa saber sobre o tumor

Carcinoma Basocelular: tudo o que você precisa saber sobre o tumor

por André Massarotti

Um dos temas que gera muita dúvida para os alunos são relacionados às doenças eczematosas e tumores malignos. Nesta matéria, vamos falar mais especificamente sobre carcinoma basocelular, um tumor cutâneo que, junto do carcinoma espinocelular e da melanoma, são lesões comumente pedidas em provas de Residência Médica por serem muito comuns.  Também desenvolvemos um E-book com a Professora e Dermatologista Aline Blanco para que você possa baixar e se aprofundar sobre o assunto. Clique aqui para fazer o download. Leia também: Tudo sobre câncer de pele. 

O que é carcinoma basocelular?

O carcinoma basocelular é o tumor maligno mais comum de todos, que causa uma lesão localmente agressiva, mas não faz metástase. Ele pode acometer todas as camadas cutâneas, infiltrando fáscia e musculatura se não tratado.  O paciente típico desse tipo de câncer é aquele com a pele muito clara, fototipo baixo, 1 e 2. Os homens são mais acometidos do que as mulheres devido a exposição solar crônica. Por isso, a recomendação do uso de protetor solar é importante.  Existem alguns subtipos deste carcinoma que costumam ser cobrados em provas de Residência Médica.   

Nodular 

Pode ser descrito no enunciado do exame como uma pápula perlacea que parece pérola, ou perolada, principalmente em área fotoexposta. 

Carcinoma basocelular superficial 

Nesse caso, o paciente tem lesões que são eritemato-descamativas. A lesão é semelhante a uma dermatite, está em uma área fotoexposta e, normalmente, em paciente idoso. 

Carcinoma basocelular pigmentado  

É escuro e entra no diagnóstico diferencial de melanoma. O correto diagnóstico é essencial, pois ele possui características menos agressivas que os melanomas que podem levar a metástases. 

Esclerodermiforme  

Parece com uma cicatriz. O grande problema dele é ser mal delimitado. Por conta disso, ele costuma voltar mesmo depois de ser retirado em cirurgia.  

Micronodular 

Também tem característica recidiva, porque as ilhas de células alteradas na pele desse paciente estão descontínuas. 

Carcinoma basocelular cístico 

Como o nome indica, parece um cisto. Essa característica pode confundir no diagnóstico. Por esse motivo, ao realizar a exérese de uma lesão cística, o material deve ser sempre enviado para análise histológica para esclarecimento. 

Biópsia: o exame que identifica o carcinoma basocelular

A biópsia é muito importante para identificar os subtipos de carcinoma basocelular. Uma das maneiras de fazer isso é com o punch, um aparelho redondo que vai ser medido pelo número de milímetros desse diâmetro. Com esse aparelho é possível retirar um fragmento do material e enviar para análise, que vai identificar a categoria.  O outro tipo é a biópsia por shaving. Nessa técnica, se passa uma lâmina por baixo da lesão para que ela seja enviada inteira para a análise histológica. O maior problema desse tipo de biópsia é que não será feita uma análise até a profundidade, não podendo identificar até onde vai esse carcinoma. O paciente que tem diagnóstico diferencial de melanoma, por exemplo, não deve ser submetido a esse tipo de biópsia.  

Tratamento para o carcinoma basocelular.

 O tratamento ideal para o carcinoma basocelular é a cirurgia, especialmente em pacientes que tenham lesões na cabeça, pescoço, mãos e pés. Para pacientes com os subtipos esclerodermiforme, micronodular ou lesões recidivadas, a exérese deve ser feita com margem maior do que 1 centímetro. Outra opção é a cirurgia micrográfica de Mohs, na qual a análise histológica é feita no momento da cirurgia.  Saiba mais: Análise do tratamento do carcinoma basocelular 

Como faço para me aprofundar em Doenças Eczematosas e Tumores Malignos?

Isto é só um pouco do que você vai encontrar no e-book de Doenças eczematosas e tumores malignos. Clique aqui para realizar o download. Vale lembrar que o nosso curso preparatório para a Residência Médica também conta com diversos materiais sobre esse assunto. Acesse e experimente a nossa plataforma de estudos gratuitamente por 7 dias. 


Conteúdos exclusivos

TPP - Treinamento para prova prática: Revalide o seu diploma de Medicina no Brasil

TPP - Treinamento para prova prática: Revalide o seu diploma de Medicina no Brasil

Faça o login para baixarBaixar

Você sabe a resposta dessa questão?

Alternativa incorreta...

Quer saber a resposta?

Faça seu login ou cadastre-se e continue a treinar seu conhecimento

Faça o seu cadastro

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos Medcel

Ver política de privacidade
Coach de Aprovação

Mais vistos